domingo, 6 de maio de 2018

TE AMAREI ETERNAMENTE

Querido filho, carregar seu corpo dentro do meu foi uma experiência maravilhosa, que teve o efeito de criar o desejo de continuar usufruindo o prazer do nosso contato pelos anos que viriam pela frente.
Ao tomar a decisão de engravidar, meu objetivo era fazer o bem. Me disseram que ser mãe é abdicar dos programas favoritos para se dedicar a outro alguém, fatigar-se por ficar noites acordada. Enfim, sair de cena para que uma nova pessoa passe a ser a prioridade em sua vida. Porém, nada disso me abalava, pois meu propósito era desenvolver o altruísmo. Ser alertada de que o caminho que eu estava prestes a percorrer era extenuante não me assustava, já que ter um filho para mim não significava a busca de um prêmio, mas a sincera intenção de me entregar.
Depois de muito preparo interno, sentia-me pronta para os sacrifícios que estavam à minha espera no momento em que você nascesse, menos para o único que me foi exigido: o de não ter você comigo. Acumulei uma grande reserva de coragem para aguentar as rachaduras que se abririam nos meus seios, sem saber que esse sofrimento era irrelevante perto da impossibilidade de lhe dar um abraço. Reuni disposição para enfrentar o seu choro nas madrugadas, sem supor que esse incômodo era minúsculo comparado à impossibilidade de conhecer o seu sorriso.
Sua morte me trouxe a dor de não poder cultivar os valores que a maternidade me concederia. Senti como se tivesse sido tirada de mim a oportunidade de exercer os gestos nobres que só se concretizam quando colocamos os interesses de um semelhante acima dos nossos. Se você não estaria aqui para me solicitar tantas renúncias, como eu colocaria em prática a abnegação que um filho reclama? Mas despedir-me de você se mostrou o maior ato de desprendimento que eu poderia praticar, quando compreendi que não era do meu leite que você precisava.
Fui sua mãe por pouco tempo na Terra, mas te amarei eternamente em espírito.
Carinhosamente,
Flavia Camargo.
(Livro Quatro Letras - Flavia Camargo pagina 166)

www.facebook.com/quatroletrasflaviacamargo

domingo, 22 de abril de 2018

RPL 6

Agradeço novamente a oportunidade oferecida pela querida Clarisse Queirós - Socióloga / Conselheira do Luto de participar, com a publicação de um texto, da sexta edição da RPL - Revista Portuguesa sobre o Luto - Clarisse Queirós, que tratou da Transformação dos Vínculos Afetivos após a experiência da perda de um filho. Um abraço a todas as pessoas envolvidas no projeto.

https://view.joomag.com/rpl-revista-portuguesa-sobre-o-luto-6/0183000001519064170

quinta-feira, 12 de abril de 2018

ESTRELA

O que mais quero é ver você ocupando
cada fração de segundo que me pertence.
Se há alguma distância nos separando,
é um obstáculo que meu coração vence.
Ele te traz para ficar comigo todo dia.
Dentro de mim não existe afastamento.
Você é como uma estrela que me guia.
E é pela sua luz que eu me oriento.
Irei te seguir o tempo inteiro que viver,
pois na sua companhia sinto muito amor.
Uma emoção que me dá força para fazer
o mundo brilhar num eterno esplendor.
Ah, que sorte alguém para me inspirar,
assim como ocorreu, quando te ganhei.
Felicidade que me leva a te contemplar.
Motivo pelo qual nunca te esquecerei.

Flavia Camargo

www.facebook.com/quatroletrasflaviacamargo

sexta-feira, 2 de março de 2018

O LUGAR MAIS LINDO


Com você eu visitei o céu,
viajei pela imensidão do infinito.
E agora tento colocar no papel
algo que não pode ser descrito.
Como seria possível definir
o lugar mais lindo em que já fui?
Não há palavras para traduzir
toda a beleza que ele possui.
Tanta felicidade experimento,
quando estou andando por lá!
A cada hora eu me alimento
da paz que o nosso amor me dá.
Para encontrar o conforto perdido,
a sua lembrança é a minha senha.
Já não vejo mais qualquer sentido
numa vida que não te contenha.

Flavia Camargo

www.facebook.com/quatroletrasflaviacamargo

domingo, 28 de janeiro de 2018

MEU AMANHECER

www.facebook.com/quatroletrasflaviacamargo

Acordo para mais um dia que começou.
Contemplo a tela azul que o sol pintou.
Também sinto meu coração se acender,
pois sua presença é o meu amanhecer.
Desperto com você na minha lembrança,
onde a minha alma te busca e te alcança.
Assim como lá fora a luz fertiliza o mundo,
nosso amor torna o meu caminho fecundo.
Te levar comigo é sorte que não tem preço.
O sentimento mais bonito que eu conheço.
Passarei a eternidade tentando expressar
como foi maravilhoso a gente se encontrar.

Flavia Camargo